Montando escritório para Home Office? Confira algumas dicas!
Montando escritório para Home Office? Confira algumas dicas!

Uma tendência que cresce cada vez mais, em diversos nichos de mercado, é a de trabalhar de casa. O famoso Home Office, antes uma rotina restrita a profissionais do tipo "freelancer", tem ganhado espaço em contextos considerados mais tradicionais e conservadores em relação ao ambiente de trabalho. Essa nova forma de trabalhar pode trazer mais conforto, prazer e satisfação, além de reduzir o estresse e aumentar a produtividade.

Apesar de não se aplicar a todos os tipos de negócio, um escritório para Home Office pode ser bastante funcional e uma possibilidade de redução significativa de custos, tanto para colaboradores contratados quanto autônomos. Para que isso aconteça, o ambiente de trabalho deve ser pensado e arquitetado para que se adapte às atividades que serão executadas.

Não deixe a limpeza e a organização de lado

É muito comum pensar que, por não ter a rotina de receber clientes, a organização e limpeza podem ficar em segundo plano. Esse raciocínio segue um caminho oposto ao ideal, uma vez que esses aspectos interferem de forma significativa na produtividade e qualidade do trabalho. A arrumação do ambiente em que irá trabalhar deve ser o ponto de partida de um Home Office, mas também um fator presente na rotina, pois o adiamento das tarefas de limpeza e organização tem efeito "bola de neve": o problema só aumenta com o passar do tempo.

É perceptível também que ambientes mais limpos e bem arrumados colaboram no aumento da motivação para trabalhar. Do outro lado, a desordem pode gerar atrasos, desconfortos e estresse. Afinal, em um ambiente desorganizado fica muito mais difícil encontrar materiais e/ou documentos quando é necessário, não é mesmo? Então, manter a ordem é um mecanismo de aumento de produtividade e agilidade nas execuções de tarefas.

Faz-se importante ressaltar também que ao fazer Home Office, passa a ser rotina, em diversas profissões, a realização de reuniões à distância através de aplicativos. E é claro que, nesses casos, ninguém quer passar uma imagem de desleixo ou amadorismo, portanto, o ambiente ao seu redor deve estar organizado!

Invista em móveis adequados ao ambiente

Pensar na adequabilidade dos móveis ao local de trabalho exige uma reflexão que envolve muitas variáveis. A primeira, e possivelmente a mais importante delas, é pensar na ergonomia. Home Office, em geral, envolve um período de tempo muito longo em uma mesma posição, portanto, é fundamental que a mobília básica - como mesa e cadeira -, seja adequada tanto à função que será executada quanto à pessoa que a utilizará. Basta levar em consideração a definição de ergonomia: a ideia é adaptar o ambiente de trabalho ao trabalhador e não o contrário!

Além disso, o conforto e identidade visual deve refletir o perfil de quem trabalhará ali, quer ele esteja separado ou integrado ao restante da casa. A escolha estética dos móveis de escritório podem influenciar na satisfação e sensação de pertencimento, proporcionando personalização e escape dos ambientes tradicionais de escritório.

Neste post aqui, conto pra você 3 dicas fundamentais na hora de escolher móveis para escritório.